PM é morto a tiros por policial civil após confusão em casa noturna

Suspeito tentou fugir, mas foi preso e assumiu o crime. Uma mulher também ficou ferida. Veja o vídeo

Um policial civil é suspeito de matar a tiros o primeiro-tenente Herison Oliveira Bezerra, de 38 anos, que era lotado no 10º Batalhão de Polícia Militar em Ceilândia, DF. Segundo informações da PM, o crime aconteceu por volta das 3h desta segunda-feira, 15, na casa noturna Barril 66, às margens da Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB).  Policiais que estavam nas proximidades, teriam ouvido os disparos e foram até o local.

Uma mulher também ficou ferida e precisou ser levada ao Hospital de Base do DF (HBDF). Segundo testemunhas, o oficial levou três tiros, sendo dois no tórax e um no abdômen, ele chegou a ser levado ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT), mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a PM, o policial civil, identificado como Péricles Marcos Junior, assumiu o crime após tentativa de fuga. Ele foi encaminhado pela equipe para 21ª DP de Taguatinga Sul, que investigará o caso.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.