PM do Rio de Janeiro vai usar drones para reforçar patrulhamento nas eleições

Equipamento irá transmitir imagens em tempo real para centros de operações instalados no Quartel General, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no GAM e para aparelhos celulares de comandantes de unidades estratégicas

A Polícia Militar do Rio de Janeiro vai usar drones, pela primeira vez, nas eleições municipais do próximo domingo, dia 15 de novembro. O objetivo é auxiliar as equipes de patrulhamento ostensivo e repressivo nas vias públicas e locais de votação.

As aeronaves remotamente pilotadas do Grupamento Aeromóvel (GAM) serão usadas em toda a região metropolitana do estado.

Os drones, que contam com câmera térmica, irão transmitir imagens em tempo real para os centros de operações instalados no Quartel General, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no GAM e para aparelhos celulares de comandantes de unidades estratégicas. 

De acordo com a porta-voz da corporação, tenente-coronel Gabryela Dantas, essa primeira experiência com “as aeronaves remotamente pilotadas” em um grande evento. “Essas imagens vão dinamizar nossa capacidade operacional, tanto para atuar preventivamente quanto para intervenção de pronto emprego em situações de emergência”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.