PM assassinado com 20 tiros em Goiânia teria sido confundido com o filho

Dennyo Edno Gonçalves dos Santos foi morto na noite da última terça (19)

Montagem

O policial militar Dennyo Edno Gonçalves dos Santos, de 45 anos, assassinado após ser alvejado com 20 tiros de arma de fogo, na noite da última terça-feira (19), pode ter sido confundido com o filho.

Em nota, a Polícia Civil afirmou que informações preliminares dão conta que o verdadeiro alvo dos criminosos seria o filho do PM, de 22 anos, envolvido em suposta rixa entre traficantes de drogas da região.

“No mais, a Polícia Civil se reserva ao posicionamento de não dar mais detalhes, para que não ocorra qualquer prejuízo no andamento das investigações”, diz a nota.

O soldado Dennyo estava próximo à sua residência e não estava em horário de trabalho no momento do crime. Câmeras de segurança mostram um carro prata, com quatro homens no interior, passando no local em que o PM foi morto.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.