PF conclui inquérito e vê indícios de organização criminosa envolvendo Temer

Relatório atribui prática de crimes a Michel Temer, Moreira Franco, Eliseu Padilha, Geddel, Eduardo Cunha e Henrique Alves

A Polícia Federal concluiu nesta segunda-feira (11/9) inquérito instaurado sobre integrantes do PMDB e considerou que há indícios de crimes cometidos pelo presidente Michel Temer e outros membros do partido.

O alvo do inquérito são políticos do PMDB da Câmara dos Deputados. O relatório foi enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com o documento, a cúpula do partido se organizou para obter vantagens na administração pública. Entre os crimes atribuídos ao grupo, estão corrupção ativa, passiva, lavagem de dinheiro, fraude em licitação e evasão de divisas.

Agora, a PGR (Procuradoria-Geral da República) deve apresentar nova denúncia contra o presidente ainda esta semana, quando Rodrigo Janot ainda está à frente da instituição.

Temer foi denunciado em junho por corrupção envolvendo a JBS, mas a Câmara dos Deputados não aceitou a denúncia após votação em agosto.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Josuelina Carneiro

Minha pergunta é: Até quando o presidente Temer vai usar dinheiro público para comprar apoios?