Iristas desconversam suposto apoio de Friboi a Marconi

“Não sei nem do que se trata isso”, disse o presidente do PMDB em Goiás, Samuel Belchior

*Colaborou Sarah Teófilo

Após as recentes declarações de Robledo Rezende, ex-coordenador da pré-campanha de Júnior Friboi, de que o empresário teria autorizado-o a declarar apoio ao projeto político do tucano, um verdadeiro reboliço tomou conta do meio político. No escritório do candidato ao governo pelo PMDB, Iris Rezende, as movimentações eram as mesmas, e ninguém parecia estar preocupado com a notícia. “O Friboi disse isso?”, questionaram alguns, sustentando que isso era movimentações de Robledo, não tendo Júnior participação alguma.

As dúvidas de que Friboi estaria ou não apoiando Marconi permanecem, mesmo com a declaração de um assessor tão próximo. O acordo, divulgado na noite de quarta-feira (16/7), foi oficializado em reunião na manhã desta quinta-feira (17) no Palácio das Esmeraldas, na Praça Cívica, mas nada ainda saiu da boca de Friboi, que está viajando para os Estados Unidos.

Alguns membros do PMDB se negam a acreditar em tal atitude do empresário, enquanto outros alegam que a filiação de Friboi desde o início foi uma conspiração contra o partido. “Isso aí todo mundo sabe: o Júnior foi colocado dentro do PMDB pelo Marconi Perillo para desarticular o partido, isso é uma conspiração”, disse a candidata a deputada estadual e articuladora do PMDB, Silvana Marta, em uma teoria digna de um livro à la Dan Brown. Coisa, aliás, que ela mesma garante que irá fazer. “Vou escrever um livro sobre isso, você vai ver”, disse.

A maioria dos peemedebistas frequentadores assíduos do escritório de Iris Rezende, entretanto, não acreditam que Friboi apoiaria Marconi. “Ele não ia ser doido de criticar o Marconi o tanto que criticou, e depois fazer isso”, disse um. O presidente da Juventude do PMDB em Goiás, Pablo Rezende, diz que “se recusa a acreditar que Friboi estaria apoiando Marconi. “Acho que é conversa”, afirmou.

Outros iristas que estavam no local disseram à reportagem do Jornal Opção Online que Robledo não é alguém de destaque, sendo que não foi nem sequer levado em consideração por eles. “Quem é Robledo na fila do Tatico”, brincou um.

Ao ser questionado sobre o caso, o presidente estadual do PMDB, Samuel Belchior, disse, saindo rapidamente do local: “Não sei nem do que se trata isso; não quero dar entrevista sobre esse assunto”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.