Pedro Sales pode definir candidatura até fevereiro

Um dos nomes mais fortes do Governo Caiado, o presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes deve entregar o cargo e disputar uma vaga na Câmara dos Deputados pelo União Brasil

Titular da Goinfra e da Agehab é considerado o braço direito do governador Ronaldo Caiado | Foto: Fernando Leite

Considerado um dos principais auxiliares de Ronaldo Caiado (DEM), Pedro Sales, titular da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), deve definir o próprio destino político até fevereiro. Ele se articula para disputar uma vaga na Câmara dos Deputados pelo União Brasil, partido que em Goiás será presidido pelo chefe dele, o governador. A formalização da sigla pela qual Pedro pretende disputar as eleições 2022, marcadas para o dia 02 de outubro, está prevista também para o próximo mês, logo após o fim do recesso do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), responsável pela homologação da fusão entre o Democratas (DEM) e o Partido Social Liberal (PSL). O União Brasil será o maior partido do país.

“Não tenho definição ainda porque ainda não tratei com o governador a respeito disso. Minha vontade é ir para o União Brasil e disputar uma candidatura para Federal. Essa é a minha vontade, mas preciso aguardar uma série de fatores. Dentro de um mês devemos ter algumas definições”, diz ao Opção. Nos bastidores, Pedro, que acumula o cargo de presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), também apareceu cotado como possível nome para concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

Em dezembro, o jornal já havia mostrado que o presidente da Goinfra tem intensificado conversas com prefeitos e integrantes de segmentos organizados da sociedade. Inclusive, no último Mutirão Iris Rezende ele demonstrava publicamente não apenas estar à vontade com os cidadãos em busca dos serviços ofertados pelo Governo do Estado, mas também era nítida a intimidade com lideranças e pessoas estratégicas na corrida eleitoral goiana.

Trajetória

Funcionário de carreira do Supremo Tribunal Federal (STF), Pedro Sales tem uma sólida trajetória ao lado do governador Ronaldo Caiado. Ele estava ao lado do democrata, como assessor parlamentar, quando Ronaldo estava no Senado Federal, entre fevereiro de 2015 e de janeiro de 2019. O titular da Goinfra e da Agehab também foi indicado pelo governador para a equipe de transição da administração de José Eliton (PSDB) para a atual, em dezembro de 2018.

No governo, Sales foi secretário de Estado da Administração (Sead) e presidiu a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego) antes de assumir a Goinfra, em outubro de 2019. O nome dele também chegou a ser cogitado para a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSPG0). Advogado, Pedro é especialista em direito tributário e mestre em Direito Constitucional. Ele também é autor do livro “A Hiperfragmentação Partidária no Brasil”, lançado em dezembro do ano passado. Na obra, ele aborda sobre a influência do STF no multipartidarismo brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.