PC desarticula quadrilha que aterrorizava usuários de ônibus em Goiânia

Grupo formado por cinco maiores e dois menores é responsável pela morte de um jovem no terminal Padre Pelágio em dezembro do último ano

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira (30/3) uma operação com o objetivo de desarticular uma quadrilha responsável por aterrorizar usuários de transporte coletivo, sobretudo os que utilizam os terminais do Eixo Anhanguera.

Com facas e armas de fogo, conforme informações da PC, o bando formado por sete pessoas — sendo cinco maiores e dois menores — intimidavam, roubavam e furtavam os passageiros.

O grupo é responsável pelo assassinato de Rafel Junio de Almeida, morto em 27 de dezembro do último ano no interior do terminal Padre Pelágio, na capital. Após desentendimento com o grupo, o jovem de apenas 21 anos foi golpeado com pauladas e facadas.

Rafael Junio chegou a correr para fora do terminal, onde foi socorrido. Ele chegou a ser encaminhado para o Hospital de Urgência Governador Otávio Lage (Hugol), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.