PC deflagra operação contra facção que comandava crimes de dentro de presídio em Goiás

Foram 75 mandados de prisão preventiva e busca e apreensão cumpridos em Goiatuba, Pontalina, Caldas Novas e Morrinhos, além da cidade de Dourados (MS)

Polícia Civil deflagrou operação para desarticular grupo que comandava crimes de dentro da prisão | Foto: Divulgação PCGO

A Polícia Civil de Goiás, por meio da delegacia de Goiatuba, deflagrou na manhã desta quinta-feira (8/2) uma operação para desarticular quadrilha que comandava a prática de uma série de crimes, como tráfico de drogas e delitos contra o patrimônio, de dentro da Cadeia Pública do município.

Segundo informações da PC, após um ano de investigação, foram expedidos 75 mandados de prisão preventiva e busca e apreensão no âmbito da Operação Panóptico.

A polícia apurou que o grupo de Goiatuba  fazia parte de uma organização de maior escala, que agia em todo o território goiano e possuía abrangência nacional. Esta também foi a primeira ação policial em Goiás a prender integrantes femininas. De acordo com o que foi apurado, as mulheres da agremiação criminosa tinham participação ativa acumulavam funções de comando.

Além de Goiatuba, as diligências ocorrem em Pontalina, Caldas Novas, Morrinhos e no município de Dourados, no Mato Grosso do Sul.

Organização

Segundo investigações, o grupo tinha uma estrutura organizacional completa, com divisão de tarefas entre os membros. Entre os integrantes haviam aqueles responsáveis pelo armazenamento de vigilância das drogas e armas e outros pela tesouraria, enquanto outros efetuavam o cadastro de novas membros. O grupo tinha, inclusive, um advogado, que atuava a seu favor e atuava na prática de crimes.

Os presos serão encaminhados par aa Unidade Prisional de Goiatuba e responderão pelo crime de organização criminosa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.