PC cumpre mandados de busca e apreensão contra organização criminosa em Rio Verde

As investigações apontam para uma organização criminosa que obtinha dinheiro com pessoas de alto poder aquisitivo e repassava valores em ações de agiotagem

Operação Adsumus deflagrada pela PC | Foto: divulgação

A Polícia Civil de Goiás deflagrou na manhã desta quinta-feira, 26, em Rio Verde uma operação que visa desarticular uma organização criminosa de alta periculosidade, suspeita de praticar crimes de homicídio e coação na região Sudoeste do estado. Ao todo, foram cumpridos, até o momento, 9 mandados de prisão e 10 de busca e apreensão.

As investigações apontam para uma organização criminosa que obtinha dinheiro com pessoas de alto poder aquisitivo e repassava valores em ações de agiotagem. Em alguns casos, eles extorquiam credores e devedores e chegaram a ameaçar promotores e delegados responsáveis pela investigação das práticas delitivas.

Entre outros crimes, o grupo é apontado como responsável pela morte de um fazendeiro, assassinado à luz do dia, no dia 3 de setembro de 2018, no centro da cidade, a quem devia cerca de R$ 700 mil.

A ação é fruto de força-tarefa centralizada envolvendo cerca de 100 policiais civis em Goiânia. Os envolvidos devem responder pelos crimes de homicídio doloso qualificado, associação criminosa, falsidade ideológica, fraude processual, coação no curso do processo e usura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.