Jornalista ensurou o desabafo do fato do ex-jogador sobre dependência química

O apresentador da Record TV, Paulo Henrique Amorim, utilizou sua conta no Twitter para publicar um texto em que critica o comentarista da TV Globo, Walter Casagrande.

No texto, Paulo Henrique censurou o desabafo do fato do ex-jogador sobre a dependência química.

“Enquanto a imagem da FIFA mostrava o Mbappé, o comentarista Casa Grande informou que naquela Copa não tinha cedido a uma suposta dependência química. Ele e Galvinho se emocionaram com a inesperada e cortante confissão pública. Lamento muito, Casa Grande, mas sua suposta dependência química não interessa! A ninguém. O que interessa é bola na rede! Se você foi ou é dependente é um problema entre você e seu psiquiatra. O Brasil não é o seu psiquiatra”, alfinetou o jornalista.

Paulo Henrique Amorim ainda aproveitou para critica a emissora global. “Da forma como a Globo controla e explora o Brasil, o espectador não passa de um avião. O agente que transporta a Globo para sua suíte exclusiva, paga com propina. Dependente químico é o que assiste à Globo!”.

Depois da publicação, várias mensagens de seguidores questionaram a atitude do jornalista nas redes sociais. “O petista que trabalha pro bispo da Record. Ah, já pagou o Heraldo Pereira?”, disse um seguidor.

“Falou o cara que trabalha na emissora que vive de dízimo dos fiéis”, cutucou outro.