Paulo Garcia: “Meu objetivo é deixar a Prefeitura sem nenhuma criança fora da escola”

Prefeito assumiu existência de problemas, mas garantiu que tenta atender às necessidades da rede municipal de ensino

Em entrevista coletiva concedida durante evento de assinatura de parceria entre a Prefeitura de Goiânia e a empresa Net, que levará Internet banda larga e TV a cabo para escolas municipais, o prefeito Paulo Garcia (PT) falou sobre a relação com os professores municipais.

Ele assumiu que existem problemas, mas garantiu que tenta atender às necessidades da Educação municipal. “Sabemos que não os atendemos em plenitude, eles merecem mais, mas tentamos. Se não os atendemos é por total impossibilidade do momento”, disse.

O prefeito afirmou ainda que na folha de pagamento deste mês já foram incluídas as progressões dos auxiliares administrativos, uma das promessas do gestor para que a greve da categoria chegasse ao fim. “Já está na Câmara os 30% de abonos para os administrativos. Tentamos aos poucos superar os obstáculos”, garantiu.

Ainda durante a entrevista, Paulo revelou que o objetivo de sua administração é não deixar nenhuma criança fora da escola. Para isso, ele disse que tem conseguido investimentos significativos, como os R$ 13 milhões destinados à uniformização para alunos de famílias carentes.

Saúde infantil

O prefeito anunciou que será lançada a “Campanha de Atenção Básica à Criança”, com a finalidade de sanar três doenças que estavam diminuindo e voltaram a crescer: a verminose, hanseníase e tracoma. Todas as crianças da rede municipal vão ser examinadas e tratadas a partir de agosto. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, vem à cidade para o lançamento da iniciativa.

Deixe um comentário