Paulo Garcia convoca executiva do PMDB para esclarecer críticas de Agenor

Objetivo da reunião é discutir com dirigentes da legenda aliada ataques vindos por parte do vice-prefeito

Agenor Mariano à época da escolha do vice para o prefeito Paulo Garcia. Ainda faz parte da administração? | Foto: Edilson Pelikano

Agenor Mariano à época da escolha do vice para o prefeito Paulo Garcia. Ainda faz parte da administração? | Foto: Edilson Pelikano

O prefeito Paulo Garcia (PT) convocou a Executiva Metropolitana do PMDB para uma reunião em caráter de urgência na tarde desta quinta-feira (12/11).

O motivo do encontro é para esclarecimento de declarações dadas pelo vice-prefeito, Agenor Mariano (PMDB), à imprensa — ele criticou a nova Planta de Valores da capital e um suposto “aumento” de impostos por parte do poder Executivo municipal.

O petista quer saber se as críticas feitas pelo vice-prefeito são fruto de posicionamento pessoal ou do partido — que integra a base aliada ao Paço Municipal.

Agenor, que estava em viagem, não tem participado de eventos da prefeitura — sequer compareceu às festividades e entregas de obras durante o aniversário de Goiânia — nem tampouco da própria administração.

Nos últimos meses, o peemedebista, que sonha em ser vice de Iris Rezende, na possível candidatura do decano no ano que vem, tem criticado a gestão para a qual foi eleito.

Um dos objetivos do encontro convocado pelo prefeito Paulo Garcia é saber se de fato o PMDB continua na base aliada ao Paço Municipal. Atualmente do partido tem pastas de destaque na administração do PT, como a Secretaria Municipal de Transportes, Trânsito e Mobilidade (Andrey Azeredo), a Saúde (Fernando Machado) e Desenvolvimento Econômico (Paulo Borges).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.