Paulo Garcia: “Caiado pode entender de fazenda, mas conhece muito pouco de Goiânia”

Prefeito de Goiânia rebateu críticas do senador do DEM, a quem acusou de representar o que há de “mais conservador e atrasado” na política

Prefeito Paulo Garcia durante início das obras da Marginal Botafogo: não deixou acusações de Caiado sem resposta | Foto: Humberto Silva

Prefeito Paulo Garcia durante início das obras da Marginal Botafogo: não deixou acusações de Caiado sem resposta | Foto: Humberto Silva

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), saiu em defesa de sua administração — classificada pelo senador goiano Ronaldo Caiado (DEM) como uma das piores da história. “O desafio a apontar, com base em números e dados, um antecessor que tenha investido tanto em Saúde, Educação, Mobilidade e Sustentabilidade”, lançou o petista.

Em entrevista ao Jornal Opção Online na noite desta quinta-feira (9/7), Paulo Garcia rebateu as críticas do democrata, que o chamou de “inoperante” e “impossível de ser ajudado”. “Caiado pode entender de fazenda, de discursos verborrágicos, mas conhece muito pouco de Goiânia”, disparou o prefeito e completou com um desafio: “Qual emenda que ele destinou nos últimos anos da minha administração ou do ex-prefeito Iris Rezende (PMDB) à capital?”.

A confusão entre o prefeito petista e o senador começou quando Paulo Garcia afirmou ao Jornal Opção Online que Caiado deveria falar menos e trabalhar mais. Em réplica, o democrata debochou da administração municipal, chegando a dizer que aquele não teria “competência gerencial”.

Sobre as críticas, o prefeito deu de ombros: “A opinião do senador sobre mim tem muito pouca valia”. “Agora, se eu fosse tão ruim assim o Vaticano, em nome de sua santidade, o Papa Francisco, não teria me convidado para discutir sustentabilidade. Fui um dos cinco prefeitos brasileiros — e 50 do mundo inteiro — a receber tamanha honraria”, seguiu ele.

O prefeito de Goiânia, jutamente aos de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre, foi convidado para ir à Cidade do Vaticano no final de julho para debater questões ambientais e sustentabilidade no mundo moderno com o Papa Francisco.

Para arrematar a discussão, Paulo Garcia aproveitou para alfinetar as posições extremistas do senador democrata — que defende o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). “Caiado se soma aos golpistas de plantão, que se ocupa do que há de mais conservador e atrasado no Congresso”, disparou o petista, que arrematou: “É uma vergonha que Goiás assim seja representado. É um atraso e representa o que há de pior na política brasileira”.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

JOÃO CARRIJO

O prefeito Paulo Garcia com essas declarações acabou batendo de frente com o responsável pela eleição do Senador Caiado. Casamento da viúva negra (PT/PMDB) sendo desfeito???