Paulo Garcia afirma que Iris terá que provar na Justiça “negociata” na concessão da Saneago

Na Câmara, prefeito condenou declarações do peemedebista: “Sabemos bem quem de nós dois é propenso a negociatas”

Paulo Garcia na Câmara de Goiânia, nesta sexta-feira (21) | Foto: Larissa Quixabeira

Paulo Garcia na Câmara de Goiânia, nesta sexta-feira (21) | Foto: Larissa Quixabeira

Durante prestação de contas da administração municipal na Câmara de Goiânia, nesta sexta-feira (21/10), o prefeito Paulo Garcia (PT) não poupou críticas ao ex-aliado Iris Rezende (PMDB), atual candidato à Prefeitura de Goiânia.

Na ocasião, Paulo lamentou e considerou graves as recentes declarações do decano peemedebista à imprensa de que a renovação da concessão da Saneago por mais 30 anos ao Estado, aprovada na Câmara no início deste ano, teria sido uma “negociata”. O prefeito chegou a dizer que estaria à disposição para reponder no Judiciário qualquer dúvida sobre a matéria.

“Nós nos conhecemos muito bem e sabemos qual de nós dois é mais propenso a fazer negociatas”, disparou o prefeito em plenário. Para o petista, a fala de Iris é uma ofensa, não só a ele, mas a todos os vereadores que participaram da apreciação do projeto.

“Quando se fala em negociata dá a entender que quem o fez agiu para atender benefícios próprios ou que agiu contra a lei. Se assim o for, ele que promova uma ação contra mim, pessoalmente, que farei questão de respondê-lo e dizer tudo que eu sei”, afirmou Paulo Garcia.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.