Para Wagner Siqueira, o importante é ganhar votos para o PMDB, seja Iris Rezende ou uma pedra o candidato do partido

Deputado que trabalha para se reeleger na Assembleia e ex-aliado de Júnior Friboi, ele sugeriu que o líder peemedebista tome a frente dar fim à dissidência no partido

Deputado defende que nome de Iris. Antes, apoiava Júnior Friboi. Foto: Reprodução/Assembleia Legislativa

Deputado defende que nome de Iris. Antes, apoiava Júnior Friboi. Foto: Reprodução/Assembleia Legislativa

No dia em que a cúpula do PMDB esperava que o ex-governador Iris Rezende anunciasse sua pré-candidatura ao governo o deputado estadual candidato à reeleição Wagner Siqueira não está em Goiânia e não pôde participar da movimentação política ocorrida na manhã desta quarta-feira (4/6) no diretório do partido, no Setor Aeroporto, em Goiânia.

Ao Jornal Opção Online, ele analisou que “pode ser uma pedra” ou o ex-prefeito de Goiânia o candidato ao Palácio das Esmeraldas. Mas o importante, destacou, é angariar votos para o PMDB.

Para o político, é o próprio Iris Rezende quem deve articular para acabar a dissidência dentro da legenda. Nos últimos dias, prefeitos se manifestaram desgostosos com a atual situação de divisão no partido. Enquanto um enviou ficha de desfiliação para o diretório do PMDB, outros declararam apoio público ao governador Marconi Perillo (PSDB).

Ex-apoiador do empresário Júnior Friboi –– que recuou da candidatura há quase duas semanas ––, Wagner Siqueira garantiu ontem que continua no processo eleitoral. Inclusive, está em trabalho de pré-campanha e afirma que trabalha para que o líder da legenda se firme como candidato e seja eleito no mês de outubro. Hoje, o deputado irá para sua fazenda; amanhã, por exemplo, o deputado irá percorrer quatro cidades do interior.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.