Para peemedebista, Marconi é o melhor e Caiado erra ao dizer que prefeitos são cooptados

Fernando Vasconcelos rechaçou a possibilidade denunciada pelo deputado federal. Na avaliação dele, reeleição do tucano é a alternativa para melhor gestão de seu município

Prefeito Fernando Vasconcelos (à esquerda), do PMDB: . Foto: apoio é espontâneo. Foto: Reprodução/Goiás Interior

Prefeito Fernando Vasconcelos (à esquerda), do PMDB: . Foto: apoio é espontâneo. Foto: Reprodução/Goiás Interior

O prefeito de Goiatuba, Fernando Vasconcelos (PMDB), apoia a reeleição do governador Marconi Perillo (PSDB), e não a candidatura do ex-prefeito de Goiânia Iris Rezende (PMDB). A iniciativa nada tem a ver com barganha política ou repasse de recursos por parte do governo estadual, segundo relatou ao Jornal Opção Online. “Meu apoio ocorre de forma espontânea por entender que estarei correspondendo com a minha administração, solucionando vários problemas”, reconheceu.

“Todos nós sabemos das dificuldades que os municípios estão passando e os prefeitos têm que se desdobrar e correr atrás”, avaliou o peemedebista. De acordo com ele, a informação de que Marconi estaria cooptando gestores não é verídica, pelo menos no caso dele, conforme pontuou.

Relembrando que já esteve diversas vezes com o governador, Fernando considerou injustas as denúncias divulgadas recentemente e lamentou a atribuição de seu nome ao caso — que estaria envolvendo o Democratas e o PMDB. “O que expressei não foi o que o deputado entendeu”, avaliou.

Na semana passada, durante evento que oficializou a aliança com Iris, Caiado afirmou que entraria com representações contra o governo estadual por improbidade administrativa. A justificativa foi a de que o governo de Goiás estaria utilizando a estrutura do Estado para garantir aliança de prefeitos nas eleições de outubro em troca de liberação de convênios e recursos para as respectivas cidades.

Na opinião do prefeito, a parceria entre Estado e município é necessária. No caso dele, gerou “proximidade” e “admiração” a alguém que antes não se tinha vinculação.

O que houve, na análise do prefeito, foi um equívoco da parte do parlamentar federal devido aos prefeitos da legenda que preside não terem o acompanhado na decisão de apoiar o ex-governador peemedebista. “Eu isento o governador de qualquer atitude do tipo. Jamais ele fez isso, nunca me ofereceu um ‘A’, assim como seus secretariados. É uma questão de entender que, entre as candidaturas apresentadas para o governo, a do Marconi é a melhor.”

Fernando concluiu, de forma enfática, prevendo que a parceria vai gerar frutos. Porém, ressaltou que só o tempo irá dizer se a iniciativa foi certa ou errada. “A atitude é para beneficiar a cidade e a população, e não partido ou projeto pessoal”, finalizou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.