Para concluir “Brexit”, Theresa May buscará apoio na Irlanda do Norte

Primeira-ministra sofreu revés nas eleições, mas deve continuar a empunhar bandeira pela saída do Reino Unido da União Europeia

Theresa May vota em Londres | Foto: reprodução/ Facebook

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou nesta sexta-feira (9/6), que formará governo com o apoio dos unionistas da Irlanda do Norte, para liderar as negociações sobre a saída do Reino Unido da União Europeia (UE). A informação é da Agência EFE.

May esteve no palácio de Buckingham, residência oficial da família real britânica, para pedir à rainha Elizabeth II permissão para formar governo, após as eleições.

A líder conservadora sofreu derrota e não conseguiu as 326 cadeiras necessárias para ter a maioria absoluta, depois de seu partido ter conquistado 318 assentos na Câmara dos Comuns, dos 650 que a compõem. O pró-britânico Partido Democrático Unionista (DUP) da Irlanda do Norte conseguiu dez cadeiras na eleição e, com a coalizão, May garante a maioria.

Após o resultado, o líder do Partido Trabalhista (de oposição), Jeremy Corbyn, exigiu a renúncia da primeira-ministra. “Theresa May perdeu as cadeiras conservadoras, perdeu votos, perdeu apoio e perdeu confiança. Digo que isso é o suficiente para partir”, declarou.

May, no entanto, ignora as provocações dos oposicionistas e seguirá com o plano do “Brexit” — saída dos britânicos da União Europeia. (Com informações da Agência Brasil)

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.