Pai será indenizado por não ter sido convidado ao batizado da filha

Decisão da magistrada entende que responsável pela criança sofreu desgaste psicológico

Pai será indenizado por não ter sido convidado ao batizado da filha
Foto: Pixabay

O Tribunal De Justiça Do Distrito Federal condenou em 1º Grau uma mãe a pagar R$ 5 mil de indenização por danos morais ao pai de sua filha. Isso, porque ela não informou o genitor sobre o batizado da menina. O que foi considerado pela desembargadora como inegável ofensa à integridade psíquica do autor.

O autor recorreu da primeira sentença, que questionou o valor fixado, pedindo R$ 10 mil. A desembargadora relatora do caso registrou  que não se pode minimizar o desgaste psicológico sofrido pelo pai, “ao ser excluído de forma proposital, pela ré, de um momento importante e único na vida religiosa da filha menor”.

Por último, a desembargadora verificou que, em caso semelhante julgado pelo STJ, o valor do dano moral foi definido em R$ 3 mil. Assim, os desembargadores confirmaram que o valor fixado na sentença, de R$ 5 mil, mostrou-se adequado às circunstâncias do caso, aos critérios da razoabilidade e proporcionalidade, compensando de forma suficiente os danos morais experimentados pelo autor. (Com informações do TJDFT)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Maria da silva

E quando a gente avisa ao pai que vai fazer a festa de aniversario da crianca (no domingo, que era o dia do niver mesmo) convida ele e a familia dele, marca o horario para as 17h, e o pai faz uma festa antes da sua no mesmo dia, sem ao menos avisar e só leva a filha às 18h, sendo que ficou com a crianca desde quinta-feira?