Pacote de benefícios da Educação começa a tramitar na Assembleia

Quatro dos projetos que compõem o pacote foram lidos em plenário na tarde desta terça-feira (6/6). Propostas seguiram para Comissão Mista da Casa

Foram lidos no plenário da Assembleia Legislativa, na tarde desta terça-feira (6/6), quatro projetos que compõem o pacote de benefícios para os servidores da Educação em Goiás. As propostas foram encaminhadas à Comissão Mista da Casa para dar prosseguimento a tramitação das matérias.

Os projetos tratam do reajuste de 7,64% para os professores efetivos do P1 ao P4, do reajuste de 21% para os servidores administrativos e de 34% para os temporários, além de criação do vale-alimentação no valor de R$500,00 para todos os servidores (efetivos, temporários e comissionados).

Ainda não chegaram na Casa as propostas que criam as gratificações que equiparam a remuneração dos profissionais da ativa do quadro transitório ao dos professores do quadro permanente e a que cria a Gratificação por Dedicação em Período Integral (GDPI) para os professores que lecionam nas escolas de tempo integral.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.