Paço denuncia documento de arrecadação falso em nome da prefeitura

Boleto de recolhimento de impostos federal indica administração municipal como destinatária do dinheiro, mas traz conta de pessoa física

A Prefeitura de Goiânia soltou nota nesta quarta-feira (21/12) para denunciar a existência de Documentos de Arrecadação de Receitas Federais (Darfs) fraudulentos. Além de serem boletos de cobrança da União, eles teriam o nome da prefeitura como destinatária, mas a conta era de pessoa física.

Segundo a prefeitura, a fraude foi descoberta quando um escritório de contabilidade pediu que a Secretaria Municipal de Finanças (Sefin) confirmasse a emissão de um Darf de R$ 313,74 recebido por um de seus clientes. De acordo com a superintendente de Administração Tributária, Vera Sotkeviciene, ele achou estranho ter recebido um documento de arrecadação federal em nome da Prefeitura e, ao checar no Simples Nacional, não encontrou referências à cobrança.

O caso já foi denunciado à delegacia da Polícia Federal e a orientação para quem receber documento semelhante pelo Correios é procurar o órgão. “Pedimos que os cidadãos que receberam documentos deste tipo não os paguem e procurem imediatamente a delegacia da Receita Federal, que vai apurar a fraude”, afirma o secretário municipal de Finanças, Stenio Nascimento.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.