Pacientes do Hospital Regional de Formosa recebem visitas virtuais de familiares

Com a ajuda de vídeo-chamadas e psicólogas, familiares e pacientes interagem em tempo real

A mais dolorida das imposições do coronavírus é o isolamento, tanto para o paciente como para os parentes e amigos. Não poder tocar, não poder falar, não saber o que exatamente está acontecendo, leva muitas pessoas à depressão e ao desespero.  Mas a tecnologia e a empatia da equipe de saúde estão driblando esse isolamento impositivo e levando conforto a quem mais precisa.

Durante esse período em que não há visita, a direção do Hospital Regional de Formosa (HRF), com sua equipe de psicólogas, adotou as “visitas virtuais” por meio de vídeo-chamadas. “Diante desse cenário é importante exercermos a empatia, portanto, nosso papel é facilitar essas visitas virtuais” aos pacientes, afirma Vânia Fernandes, diretora executiva da unidade.

A importância das visitas virtuais

As chamadas de vídeo são realizadas para os pacientes que estão internados nas enfermarias do HRF, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e na Ala Covid-19. Com o objetivo de aproximar essas pessoas de suas famílias, a ação é destinada aos pacientes acamados por muito tempo ou emocionalmente debilitados.

Primeiramente é feita uma consulta pelas psicólogas Lohany Romualdo de Matos e Sayonara de Cássia Batista aos responsáveis pelas alas. Nessa conversa, o quadro clínico do paciente é amplamente discutido. Caso ele esteja estável e a junta médica de comum acordo, a família é contactada.

No entanto, há uma preocupação de não gerar qualquer transtorno ou ansiedade descabida ao acamado. Por isso, existe um direcionamento prévio de quais assuntos o familiar deve ou não abordar com o paciente. Posterior a essa orientação a ligação ao ente é então realizada via smartphone ou tablet.

“As visitas virtuais dão força e esperança na recuperação do paciente. Elas acolhem e aconchegam os familiares durante o processo de recuperação. Isso motiva o paciente a não se entregar a doença”, pondera a psicóloga Lohany Matos.

Cuidados com a saúde mental

Oferecer os cuidados psicológicos necessários aos pacientes e familiares durante esse período é fundamental. Nesse sentido, as visitas virtuais que o Hospital Regional de Formosa oferecem, evidenciam a preocupação que se tem com os rígidos protocolos de segurança estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

No começo da pandemia, o órgão elaborou uma pesquisa, no qual fez um alerta com relação a saúde mental dos brasileiros diante desse cenário. Portanto, é substancialmente importante garantir que os pacientes do Hospital Regional de Formosa mantenham seus laços familiares nesse momento tão delicado.

Dessa forma, “contribuir para que o ambiente hospitalar seja acolhedor também é uma meta do HRF”, destaca Felipe Uchôa, diretor técnico da unidade. O bom trabalho desenvolvido pela equipe de psicólogas da unidade, é sentido a cada feedback positivo dos familiares, melhora significativa do humor dos pacientes e a cada nova alta.

Desde que foi estadualizado e, a gestão assumida pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED), o HRF já realizou 216 internações, com 170 casos confirmados para Covid-19 e 93 altas. Certo de que o acolhimento e o atendimento humanizado são os melhores caminhos para tratar seus pacientes, o hospital seguirá apostando na empatia e no afeto para vencer essa batalha chamada pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.