“Organizações Sociais valem pelo que fazem”, diz articulista de O Globo

Antropólogo Rubem César Fernandes defende a eficácia desse modelo de gestão nos serviços públicos

“As OSs valem pelo que fazem. São organizações particulares cujo valor está no fruto do seu trabalho. Valem bem se trabalham bem, valem menos se trabalham mal”. O trecho é do artigo do antropólogo Rubem César Fernandes publicado nesta quinta-feira (6/2) no Jornal O Globo.

O articulista sintetiza o que são as OSs, abordando historicamente esse cenário de gestões compartilhadas que já existem há vários anos no Brasil.  Como parte do terceiro setor, as OSs são focadas nos resultados e na eficácia, além de serem sem fins lucrativos, o grande diferencial.

“Com as OSs, o superávit de uma boa gestão não pode ser apropriado pelos seus sócios e diretores. Ao contrário, deve ser integralmente reinvestido na organização e no seu objeto”, escreveu o antropólogo.

Rubem remonta o cenário das OSs ao afirmar que os serviços públicos não-governamentais e sem fins lucrativos são conhecidos desde o início dos tempos modernos.

Ele ainda faz um parâmetro com as ONGs que se multiplicaram no Brasil a partir dos anos 1980 e, ao mesmo tempo, expõe algumas diferenças que coloca as OSs um passo a frente nesse processo: “Se qualificam para a gestão de programas públicos de ampla escala e aproximam-se de uma corresponsabilidade, onde o governo define objeto e metas, financia e fiscaliza, enquanto a OS gerencia a execução e cuida dos resultados”.

De acordo com o antropólogo, o modelo tende a ser mais eficaz do que o da administração direta, pois abre espaço para a especialização e a concorrência gerencial. Prova disso é a experiência em outras regiões, sobretudo na América do Norte e na Europa, que possuem museus, bibliotecas, escolas, hospitais e até mesmo penitenciárias gerenciados por organizações sem fins lucrativos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.