Orçamento impositivo deve ser implantado em 2019 com alíquota reduzida, diz Vitti

Presidente da Alego afirma que Caiado está sensível ao assunto e acredita que PEC que adia aplicação não deve ser aprovada

José Vitti (PSDB) | Foto: Reprodução

Após reunião do governador eleito, Ronaldo Ciado (DEM), com deputados na sede da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o presidente da Casa, José Vitti (PSDB) diz que acredita que o Orçamento Impositivo já deva ser aplicado no próximo ano, porém, com alíquota reduzida.

“Juntos vamos definir qual será a melhor alíquota, o melhor momento e a melhor forma de se inciar o Orçamento Impositivo. O que ficou claro, e que deixou essa Casa tranquila, é que o governador está muito sensível e é a favor do orçamento”.

De acordo com Vitti, a PEC que adia por dois anos a implantação da novidade em Goiás segue tramitação de dez sessões ordinárias, que deve ser finalizada na próxima quarta-feira (28), e acredita que o adiamento não será aprovado.

“Acredito que a PEC não será aprovada. Acredito que haverá emendas para que possamos ajustar uma melhor maneira de atender os anseios dos parlamentares”, finaliza.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.