Operação The Flag apura invasão cibernética em prefeituras e câmaras de cidades goianas e em outros estados

Hackers também roubaram dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro e de militares do Rio de Janeiro

Foto: Reprodução

Na manhã desta sexta-feira, 26, a Polícia Federal realizou a Operação Capture The Flag, no combate à hackers suspeitos de invadir sistemas de universidades federais, prefeituras e câmaras de vereadores municipais de Goiás, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul. As informações sigilosas eram publicadas em redes sociais.


De acordo com a PF, são vários grupos que atuam de maneira interligada. O presidente Jair Bolsonaro também teve resultados de exames invadidos, informações bancárias de sua família, também dados pessoais de militares do Rio de Janeiro foram obtidos ilicitamente. A PF também investiga a possibilidade de outros crimes cibernéticos, como compras fraudulentas pela internet e fraudes bancárias.


Busca e apreensão foram realizados nas casas de três suspeitos. Um do Rio Grande do Sul, em Nova Bassano, de 19 anos de idade. Outros dois de 17, um de Porto Alegre e outro de Fortaleza, no Ceará. A investigação tem como foco descobrir crimes de invasão de dispositivo informático, corrupção de menores, estelionato e organização criminosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.