Operação policial apura adulteração de combustível para aviação em Goiás

Polícia Civil, ANP e Anac atuam junto na investigação que teve origem em denúncias de pilotos

Denúncias sobre venda de combustível adulterado para aeronaves levaram a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), Agência Nacional do Petróleo (ANP) e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a realizarem uma operação na manhã deste sábado, 11, em Goiânia. Pilotos de várias regiões do País tem registrado reclamações sobre a qualidade do combustível.

Em uma nota enviada à imprensa, a Polícia Civil de Goiás confirmou que está realizando diligências em conjunto a  ANP e ANAC para apurar denúncias acerca da qualidade do combustível de aviação fornecido no Estado de Goiás. “Em virtude das análises preliminares e diligências necessárias, informações serão fornecidas na segunda-feira, garantindo assim maior segurança as ações da especializada e fidedignidade dos dados”, informa a nota. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.