Operação Monte Cristo: Agentes cumprem 88 mandados de busca e apreensão em Goiás, São Paulo e Minas Gerais

Força-tarefa atua contra sonegação fiscal e lavagem de dinheiro por empresas do setor farmacêutico

Foto: Reprodução | CNN Brasil.

Na manhã desta quinta-feira, 1, foi deflagrada a segunda fase da Operação Monte Cristo, que apura sonegação fiscal e lavagem de dinheiro por empresas do setor farmacêutico. A ação é fruto de uma força-tarefa formada pelo Ministério Público de São Paulo, pela Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo, Superintendência da Receita Federal, Procuradoria-Geral do Estado e pelas Polícias Civil e Militar.

Os agentes cumprem 88 mandados de busca e apreensão em endereços empresariais e residenciais de pessoas supostamente ligadas ao esquema. Segundo as informações, foi encontrado um gaveteiro com R$ 5 milhões em espécie em dos locais averiguados em SP.

As ordens são cumpridas em 10 cidades situadas na capital paulista e Grande SP, e nas regiões de Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Marília, Piracicaba e Campinas, além dos estados de Minas Gerais e Goiás.

A investigação aponta que as fraudes seriam cometidas por grupos empresariais responsáveis pela distribuição de medicamentos no estado de São Paulo e pelo comércio varejista, a partir de redes de farmácias.

As autoridades estimam que o esquema teria causado um prejuízo de cerca de R$ 10 bilhões aos cofres estaduais e federais nos últimos 6 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.