Esquema gerou prejuízo de, pelo menos, R$ 2 milhões aos cofres públicos

Foto: Reprodução

Agentes da Polícia Federal cumpriram na manhã desta terça-feira, 6, cinco mandados de busca e apreensão em uma operação intitulada Apneuse, que investiga irregularidades na compra de respiradores para tratamento da Covid-19 pela Secretaria Municipal de Saúde de Japeri, no Grande Rio.

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal de São João de Meriti e estão sendo cumpridos nos municípios de Japeri e Nova Iguaçu.

A PF informou que os respiradores comprados pela secretaria eram inadequados e foram adquiridos a preços superfaturados. Estima-se que o esquema tenha gerado um prejuízo de R$ 2 milhões aos cofres públicos.