OAB Forte consegue reverter impugnação de três candidatos

Chapa foi a única a conseguir reintegrar componentes. Comissão entendeu que não existe fundamentação para inelegibilidade 

OAB-FORTE-IMPUGNADOS-REVERTIDOS

Edson Veras, Leonardo Bezerra Cunha e José Divino Morais: impugnações revertidas | Fotos: Facebook

A OAB Forte conseguiu reverter, na noite da terça-feira (11/11), as três impugnações da chapa feitas pela Comissão Eleitoral na última semana. Após defesa apresentada pelo corpo jurídico, os advogados Edson Veras, Leonardo Bezerra Cunha e José Divino de Morais volta a integrar o projeto.

Em entrevista ao Jornal Opção, Dyogo Crosara, a decisão teve que ser revista, pois não havia fundamentação nos pedidos contra a OAB Forte. Edson, Leonardo e José Divino foram punidos há dez anos pela seccional goiana e não teriam sido reabilitados, o que geraria impossibilidade de concorrer ao pleito deste mês. “No entanto, a comissão reconheceu que não existe pena perpétua na Ordem”, completou Crosara.

Com a reversão, a OAB Forte foi a primeira — e única — a conseguir reintegrar nomes impugnados à chapa. Lúcio Flávio ainda tenta suprir as baixas sofridas na linha de frente de sua OAB Que Queremos, com a impugnação de seu então vice, Thales Jayme, e dois candidatos a conselheiro federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.