“O que a secretária de Saúde faz em Goiânia é criminoso”, denuncia vereadora ao visitar Cais

Vereadores e conselheiros tutelares visitaram o Cais de Campinas no sábado, 27, e encontraram dezenas de crianças sem atendimento

Pais recebem orientação para se dirigirem a outras unidades de sáude, como o HMI | Foto: Divulgação

A comitiva de vereadores e conselheiros tutelares liderados pela vereadora Priscilla Tejota (PSD) encontrou apenas um médico pediatra na escala de plantão do Cais de Campinas. Do outro lado da recepção, dezenas de pais e crianças recebiam orientação para se dirigirem a outra unidade de saúde. O médico pediatra de plantão atende apenas urgência e os pacientes internados. A visita aconteceu no sábado, 27, pela manhã. Além de Priscilla Tejota, vários conselheiros tutelares de Goiânia e a vereadora Sabrina Garcêz (PTB) acompanharam a inspeção.

De acordo com a parlamentar, as famílias têm encontrado dificuldade de atendimento às crianças devido à centralização da emergência pediátrica no Cais de Campinas. “Chegamos aqui e não tem a escala de médicos divulgada na parede. Apenas um médico atende urgência e pacientes internados e ainda encontramos crianças vindo de outras unidades”, denuncia a vereadora.

Os servidores da unidade de saúde estão sob stress contínuo, segundo a vereadora, e encaminham as pessoas que procuram atendimento ao Hospital Materno Infantil ou Aparecida de Goiânia. Encontramos também uma criança com o mesmo caso do jovem Diogo, falecido há pouco tempo sem atendimento”, conta a parlamentar.

A criança com o caso semelhante ao de Diogo foi atendida no Cais de Campinas na semana passada e liberada pela equipe médica, mesmo com sintomas de insônia e falta de apetite. Segundo relatos da vereadora, a criança não come e não dorme e os médicos não solicitaram nenhum exame complementar para o diagnóstico. Aliás, o diagnóstico foi de virose.

Priscilla Tejota diz que os servidores estão sob stress contínuo por falta de profissionais | Foto: Divulgação

A família da criança conseguiu dinheiro emprestado para realizar algumas tomografias. O laudo revelou dois tumores. No sábado, 27, a criança estava no Cais de Campinas, sem atendimento, aguardando encaminhamento para o Hospital Araújo Jorge.

Ministério Público

A vereadora Priscilla Tejota e Sabrina Garcêz conseguiram uma reunião com o Ministério Público Estadual na segunda-feira, 29. “Vamos pedir aos procuradores a descentralização do atendimento pediátrico. Não há mais o que ser feito. Não adianta esperar edital. Ela [Fátima Mrué] precisa tomar uma solução imediata. O que a secretária faz em Goiânia é criminoso”, resume Tejota.

O conselheiro tutelar de Goiânia Diego Peres afirmou que acampará no Cais, se for preciso. “Não dá mais para engolir a história do prefeito [Iris Rezende] de que está tudo bem. O prefeito nem recebe os conselheiros tutelares”, dispara Peres.

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Marcos

Também concordo que é criminoso. Cadeia pro prefeito de Goiânia.