Presidente da Amma diz que discutirá Plano Diretor de forma técnica e não comercial

Gilberto Marques Neto assume agência nesta sexta-feira (10/2): “Meu objetivo é atender as demandas da sociedade”

Presidente da Amma, Gilberto Marques Neto | Foto: André Costa/ Jornal Opção

Indicado para a presidência da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), o agropecuarista Gilberto Marques Neto afirmou ao Jornal Opção que pretende devolver o respeito e a admiração que os goianienses tinham para com a Amma.

“Há 20 anos trabalhando no campo e em entidades representativas, tenho consciência de que nós não conseguiremos desenvolvimento sem respeitar o meio ambiente. Meu objetivo é atender as demandas da sociedade”, reiterou.

Apesar da posse estar marcada para a tarde desta sexta-feira (10/2), o novo presidente conta que já escolheu a equipe que assumirá junto a ele: o chefe de gabinete será o promotor de Justiça aposentado Ariovaldo Moreira Barro e a chefia da advocacia setorial, a advogada Liliane Sarcolis Costa Pila. “São dois grandes profissionais, que têm experiência na área. Procurei me cercar de pessoas com bastante conhecimento jurídico para garantir que todos os projetos estejam sendo analisados com a devida segurança”, completou.

Uma das prioridades do novo presidente da Amma será, justamente, dar celeridade aos processos que estão parados, trabalho que ele defende que seja feito “com prudência” e sem dar as costas para irregularidades: “Assim que assumirmos, vamos priorizar os pedidos de licenciamento, realizando, inclusive, uma força-tarefa para desafogar os departamentos, sempre respeitando os princípios da legalidade e justiça, buscando, acima de tudo, atender os cidadãos”.

Gilberto Marques Neto explicou que ainda não definiu junto ao prefeito Iris Rezende (PMDB) as estratégias para os quatro anos da gestão, mas antecipa que encampará alguns projetos, em especial, no que diz respeito à preservação dos parques da capital. “Queremos garantir os recursos naturais, proporcionando a utilização dos espaços públicos por toda a sociedade. Para tanto, vamos buscar parceria com empresas, viabilizando investimentos. Sabemos do compromisso dessa gestão com a construção de espaços verdes”, disse.

Segundo o agropecuarista, casos como o que aconteceu no Parque Cascavel, onde o lago secou devido à alta quantidade de prédios em volta e aos processos de erosão, devem ser tratados com extrema seriedade pela Amma. “Não tenho avaliação precisa do nível de degradação ali, mas quero lançar um projeto de recuperação das nascentes que estão em Goiânia. Tivemos três anos atípicos no regime de chuvas, o que tem prejudicado, ainda mais, a situação das águas”, argumentou.

Questionado sobre como pretende participar das discussões sobre o novo Plano Diretor de Goiânia, que deve ser discutido e aprovado em 2017, o presidente da Amma é peremptório: “Vamos nos basear em questões técnicas e não comerciais”. A afirmação vale, também, para a relação que ele pretende ter com o setor imobiliário. “Tudo será feito dentro da legalidade”, acrescentou.

Gilberto Marques Neto é médico veterinário e agropecuarista, foi diretor financeiro da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA); diretor da Associação Goiana de Nelores (Nelore Goiás), da Associação Goiana de Criadores de Zebu (AGCZ) e Associação Goiana de Piscicultura (AGP).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.