Novo jornalismo da TBC movimenta debate sobre IPTU da capital

Entrevista com vereador Delegado Eduardo Prado (PV) destacou principais pontos da discussão 

Foto: divulgação

O novo jornalismo da Televisão Brasil Central (TBC) entrou de vez na discussão mais importante do momento em Goiânia: o aumento abusivo que o prefeito Iris Rezende (MDB) tenta promover no IPTU.

Nesta terça-feira (20/2), a emissora – que está mais moderna e interativa – movimentou o debate com uma entrevista com o vereador Delegado Eduardo Prado (PV), conduzida pelos apresentadores Michelle Bouson e Igor Arruda.

Na entrevista, o parlamentar esclareceu quais são as medidas tomadas pela oposição, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) para impedir que seja aplicada a chamada “planta cheia”. Também explicou quais são as brechas jurídicas que estão sendo exploradas para proteger o goianiense.

Ele próprio é autor de um decreto legislativo em tramitação na Câmara que objetiva sustar a aplicação de multas e de reajustes a partir de imagens aéreas que, supostamente, mostram aumento de área construída nos terrenos – que ficou conhecido como IPTU do Puxadinho. Eduardo também apresentou um projeto que visa proibir a prefeitura de negativar o contribuinte que atrasar o imposto.

A nova TBC aposta em um jornalismo mais próximo do cidadão e pretende abordar, de maneira incisiva, os temas que realmente importam à população. Em sua nova fase, a emissora prioriza a cobertura dos fatos em tempo real e a abertura de espaço equilibrada a todos os lados envolvidos nas discussões.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.