Nove dos 20 maiores PIBs do Centro-Oeste são goianos

Goiânia se encontra na 14ª posição, com PIB de R$ 52,9 bilhões, sendo 0,72% do valor nacional. Assim, a capital goiana sobe duas posições em relação a 2018, quando havia caído justamente duas posições em relação ao ano anterior, marcando R$ 49,3 bilhões a preços correntes de 2018

O Estado de Goiás tem nove dos 20 maiores Produto Interno Bruto (PIB) do Centro-Oeste. Por aqui se destacam Goiânia (R$ 52,9 bilhões), Anápolis (R$ 14,7 bilhões), Aparecida de Goiânia (R$ 14,4 bilhões) e Rio Verde (R$ 10,0 bilhões). Esse foi o resultado do Produto Interno Bruto de 2019 divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com os Órgãos Estaduais de Estatística, as Secretarias Estaduais de Governo e a Superintendência da Zona França de Manaus (Suframa). Nele mostra que 15 municípios responderam por mais de 30% do PIB nacional e 20,2% da população brasileira.

Anápolis e Aparecida de Goiânia aparecem em quinto e sexto lugares, respectivamente, atrás somente das capitais centro-oestinas. Brasília lidera a região, com PIB cinco vezes maior que o da capital goiana.No ranking dos vinte maiores PIBs municipais do Centro-Oeste, Catalão (R$ 7,0 bilhões) aparece em 12º, seguido de Jataí (R$ 5,3 bilhões) em 15º, Itumbiara (R$ 4,1 bilhões) em 17º, Luziânia (R$ 4,1 bilhões em 18º e Senador Canedo (R$ 3,7 bilhões) em 20º. Os três últimos subiram cada um , uma posição no ranking do Centro-Oeste.

Destaque para o município de Mineiros (R$ 2,7 bilhões), que subiu cinco posições no ranking do Centro-Oeste, na comparação com 2018. Goiânia se encontra na 14ª posição, com PIB de R$ 52,9 bilhões, sendo 0,72% do valor nacional. Assim, a capital goiana sobe duas posições em relação a 2018, quando havia caído justamente duas posições em relação ao ano anterior, marcando R$ 49,3 bilhões a preços correntes de 2018.

Os PIBs de Anápolis (R$ 14,7 bilhões) e de Aparecida (R$ 14,4 bilhões) aparecem entre os cem maiores PIBs do país, em 76º e 79º. Na comparação com 2017, o PIB do município de Goiânia havia aumentado em 298,4 milhões de reais em 2018, variação de apenas 0,6%. Com crescimento discreto, o município saía de 14º maior PIB do país para 16º, contudo, o PIB goianiense cresceu 7,2% em 2019, saindo de R$ 49,3 bilhões para R$ 52,9 bilhões.

Assim, o município sobe duas posições e se consolida com o 14º maior PIB do pais. A atividade com maior valor adicionado bruto na capital do estado é os serviços, exceto administração, defesa, educação e saúde pública e seguridade social, com valor de R$ 31,4 bilhões, crescendo 5,2% em relação a 2018.

No Brasil, os municípios que apresentam maiores densidades econômicas estavam na grande concentração urbana de São Paulo/SP. No Centro-Oeste, dos dez municípios com maiores densidades econômicas, sete são goianos, com destaques para Goiânia e Aparecida de Goiânia, que lideram o ranking regional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.