Noiva ganha indenização por vestido muito apertado em Anápolis

Peça não teria sido ajustado da forma como a mulher pediu, o que gerou constrangimento

Vestido de noiva | Foto: Pixabay/ Liberada a reprodução

A loja Vânia Noivas, em Anápolis, terá de pagar indenização por danos morais no valor de R$ 4 mil a uma noiva, por não ter feito todos os ajustes em seu vestido de casamento para que se adequasse ao seu corpo. O acórdão unânime é da 4ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do Estado de Goiás.

Segundo consta nos autos, a autora da ação fez pedido de ajustes necessários para que o vestido se adequasse ao seu corpo, mas foi surpreendida momentos antes da cerimônia com ajuste menor na peça. O zíper do vestido de noiva não fechava, o que lhe causou constrangimento e reação dos convidados.

O juiz Fernando Moreira Gonçalves, relator do processo, argumentou que uma cerimônia de casamento precede meses de organização e preparado, gerando expectativas. Ele diz que houve injusto desgaste emocional sofrido pela noiva, em razão do defeito no vestido.

Para ele, “não merece reparos a sentença vergastada, a qual condenou e recorrente a pagar a recorrida o valor de R$ 4 mil, pois não excessivo a ensejar enriquecimento ilícito nem inexpressivo como reparação”. Recurso conhecido e desprovido”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.