No Festival de Cannes, Spike Lee chama Bolsonaro de “gângster”

Cineasta americano atribuiu o termo também ao ex-presidente do Estados Unidos, Donald Trump, e ao presidente russo, Vladimir Putin

O cineasta americano Spike Lee chamou, durante cerimônia do Festival de Cannes, nesta terça-feira, 6, o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) de “gângster”. “Este mundo é governado por gângsters. O Agente Laranja [Donald Trump], o cara lá do Brasil [Bolsonaro] e o [presidente da Rússia, Vladimir] Putin. Eles são gângsters e farão o que quiserem. Eles não têm moral nem escrúpulos. E temos que falar abertamente contra gângsteres como esses”, pontuou o cineasta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.