Há 15 anos com o projeto ‘Levando Amor’, a gari Francisca Barbosa pede doação de alimentos para promover um final de ano um pouco melhor para as mais de 900 famílias que dependem dela. Diariamente, o projeto acolhe mais de 150 crianças em um programa de reforço escola no setor Terra do Sol, em Aparecida de Goiânia, próximo ao Complexo Prisional.

Ao Jornal Opção, ela disse que nesta sexta-feira, 23, véspera da data de Natal, conta com poucas cestas básicas para redistribuir para as famílias das crianças e outras pessoas que precisam ter refeições na comunidade, neste fim de ano.

O projeto coordenado pela gari acolhe e cuida de crianças carentes, deixadas pelos pais no local, que precisam sair para trabalhar. Além disso, órfãos que vivem com os avós fazem parte do grupo. “Nossas crianças têm refeições como café da manhã, almoço, lanchinho à tarde e jantinha. São 450 refeições por dia. Lembrando que não recebemos nenhuma ajuda do Estado ou do município”, conta. Ela acrescenta que para os bebês ainda há a preparação de mamadeiras.

O projeto tem acolhido também os adolescente, que estão em busca de trabalho. Com uma parceria de apadrinhamento, ela busca amigos que possa adotar um jovem, patrocinando um curso para que eles sejam preparados para o mercado de trabalho. “Temos hoje mais de 200 adolescentes no mercado de trabalho, por meio desse projeto”, aponta.

Construções de casas

Além desse atendimento, o projeto tocado por Francisca já auxiliou na construção de mais de 300 casas. Todas com ajuda de amigos e doação de material de construção. “O projeto levando amor conduz um grupo de voluntário que faz mutirão para que essa construção aconteça”, destaca.