“Não vai ser com CPI integrada por sete bandidos que vão nos tirar daqui”, afirma Bolsonaro

Fala foi dada durante evento, do qual, o presidente participou e se refere as investigações da CPI da Pandemia sobre o processo de aquisição da vacina Covaxin

Presidente Jair Bolsonaro durante evento | Foto: Reprodução / TV Brasil

Durante evento de inauguração de uma estação radar da Força Aérea Brasileira (FAB), em em Ponta Porã (MS), nesta quarta-feira, 30, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou que “não vai ser com mentiras ou com CPI integrada por sete bandidos que vão nos tirar daqui”, se referindo as investigações da CPI da Pandemia sobre a fraude na aquisição da vacina indiana Covaxin.

As investigações também seguem pelo Ministério Público Federal (MPF), que viu indícios de crime nas negociações. Na terça-feira, o contrato foi suspenso pelo Ministério da Saúde atendendo a recomendação da Controladoria-Geral da União (CGU).

O governo teria negociado a dose da vacina com valor maior, sendo assim,  a mais cara entre todas as que foram contratadas pelo Ministério da Saúde e com  processo de aquisição mais rápido. O valor total do contrato é de R $ 1,6 bilhão.

Ainda durante agenda, Bolsonaro estava ao lado do comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Carlos de Almeida Baptista Junior, e disse que tem “paz e tranquilidade” por ter Forças Armadas “comprometidas com a democracia”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.