Na TV, Bittencourt defende gestão sem conchavos políticos e critica populistas

Pré-candidato do PTB garante que, se eleito, reduzirá secretarias, extinguirá cargos e combaterá supersalários

bittencourt

Pré-candidato do PTB

Em pílula que será veiculada na televisão nos dias 22, 27 e 29 deste mês, o pré-candidato a prefeito Luiz Bittencourt (PTB) afirma que, se for eleito, vai reduzir secretarias, extinguir cargos públicos e combater altos salários da administração.

Bittencourt defende uma “gestão técnica, sem conchavos políticos”. A pílula já foi ao ar nos dias 6, 8 e 13 de junho.

Bittencourt também faz críticas indiretas a dois de seus adversários, o ex-prefeito Iris Rezende (PMDB) e o deputado federal federal Delegado Waldir (PR), a quem já criticou nas redes sociais por terem adotado bravatas e promessas fáceis em seus discursos. “Políticos populistas não ajudam a melhorar a cidade”, afirma o pré-candidato.

O petebista é ex-deputado federal e já disputou a prefeitura de Goiânia nos anos 1990. Afastado da política há algum tempo, ele sustenta que lançou sua pré-candidatura por estar extremamente decepcionado com os mesmos discursos demagogos de sempre.

“É pré-candidato dizendo que vai revolucionar a segurança pública, prometendo resolver problemas do transporte público em seis meses… Não têm conteúdo técnico, desconhecem a gestão pública e abusam de bravatas. Isso tem que acabar”, arremata.

Deixe um comentário