“Na próxima eleição teremos Daniel Vilela como governador de Goiás”, diz novo presidente do MDB

Em sua passagem por Goiânia, Baleia Rossi prega união do partido: “o MDB unido é muito forte”

Foto: Lívia Barbosa | Jornal Opção

Em sua passagem por Goiás, o novo presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi (SP), não poupou elogios às lideranças goianas do partido, em especial Daniel Vilela. “Ele tinha uma reeleição absolutamente garantida para deputado federal, mas colocou o interesse do partido e do povo de Goiás acima dos seus interesses pessoais”, disse Rossi. Em sua avaliação, Vilela fez bonito e plantou uma boa semente. “Não foi ano passado, mas na próxima eleição teremos Daniel Vilela como governador de Goiás”, emendou.

“Se eu posso dizer que a unidade do partido foi construída pelos 26 estados e pelo Distrito Federal, a verdade é que nós tivemos dois grandes construtores: o Daniel como presidente aqui em Goiás e o Ibaneis, nosso grande governador do DF”, defendeu Baleia Rossi sobre o papel das duas lideranças na formatação e unificação do partido.

Segundo Rossi, as lideranças chegaram ao entendimento de que seria importante para o nosso partido, depois de uma eleição difícil, unir as suas forças. Para projetarmos um trabalho para as próximas eleições municipais. Segundo Baleia, essa será a prioridade da sigla.

“O MDB continua sendo o maior partido do Brasil. Todos gostam de jogar pedra, mas somos o partido com o maior número de senadores, deputados estaduais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, portanto, o MDB unido é muito forte”, destacou.

Rossi também fez referência ao ex-governador Maguito Vilela a quem chamou de “grande líder de Goiás” e lembrou sua passagem pela presidência nacional da legenda. “Espero poder me espelhar em seu trabalho para fazer do nosso MDB uma grande força política”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.