Na Arábia, Marconi amplia contato com investidores locais e de países europeus

Governador afirmou que Arábia Saudita tem dinheiro e empresários com interesse de investir em novos mercados. A visita serve, segundo ele, para apresentar Goiás a eles

Marconi com dirigentes da empresa Saudi Services For Electro Mechanic | Foto: Divulgação

O governador Marconi Perillo (PSDB) cumpriu, nesta quinta-feira (2/3), agenda de trabalho em Riade, capital da Arábia Saudita, onde o Governo de Goiás realiza Missão Oficial. A delegação goiana participou de reuniões com investidores e diretores de empresas locais, como a ARAB Engineeers, representada pelo diretor Ali Saleh AlBarrak; e recebeu também o embaixador da Irlanda na Arábia Saudita, Tony Cotter.

A ARAB é uma empresa das mais bem ranqueadas do mundo na fabricação e distribuição de componentes para a área de energia elétrica. É reconhecida pela qualificação da mão de obra de seus engenheiros e pelo fornecimento de produtos de fontes que cumprem padrões internacionais. O governador Marconi busca a prospecção de investimentos dessa empresa em Goiás.

Dirigentes da empresa Saudi Services For Electro Mechanic também estiveram no encontro. São companhias que investem capital em todas as partes do mundo, principalmente na área de infraestrutura e energia. “Continuamos ampliando os contatos e mostrando aos investidores e empresários que Goiás é um estado viável e com a economia em franco crescimento”, disse Marconi.

Ele disse ainda ter percebido que a Arábia Saudita tem muita disposição de investir, com muitos fundos soberanos, e não tem tido do Brasil uma visão nesse sentido. “Eles têm muito dinheiro e uma disposição enorme de investir em novos países, mas conhecem muito pouco sobre o Brasil e nada sobre Goiás. Nós estamos certamente abrindo portas valiosíssimas para o presente e o futuro do nosso estado. Temos encontros muito importantes aqui e que estão valendo muito a pena em todos os aspectos”, acrescentou.

A Missão Oficial na Arábia também está servindo para que a delegação goiana estabeleça diálogo com embaixadores e autoridades de outros países. O embaixador da Irlanda, Tony Cotter, situou que seu país tem interesse em expandir as relações comerciais com o Brasil e que estava ali para conhecer mais de perto as possibilidades de investimento em Goiás.

A ele, Marconi contou do interesse de Goiás em aumentar ainda mais suas fronteiras comerciais, tanto exportando como importando, e fez um breve relato de como o estado expandiu sua balança de negócios, saindo de um quantitativo relações comerciais com 70 países, em 1998, para mais de 150 países atualmente. Além disso, acrescentou que o estado expandiu suas exportações, no mesmo período, em 25 vezes, saindo de 384 milhões de dólares para aproximadamente 8 bilhões de dólares.

Marconi também ouviu relato de como é a Irlanda e quais os interesses comerciais que tem. Essa aproximação deve ser concretizada em breve com a Embaixada da Irlanda no Brasil, através do embaixador Frank Sheridan. O embaixador Cotter se dispôs a ajudar na construção e concretização desse relacionamento.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.