Mutirama tem brinquedos em estado pior que o envolvido em tragédia

Nova investigação no parque de propriedade da Prefeitura de Goiânia deve apontar novas irregularidades, garante delegado

Delegado responsável pela investigações da tragédia que deixou 13 pessoas feridas no mês de julho no Parque Mutirama, Isaías Pinheiro adiantou, nesta quarta-feira (27/9), que iniciará uma nova investigação no espaço de lazer.

Segundo o titular, informações colhidas por sua equipe apontam que o parque possui ao menos cinco brinquedos em estado pior que o “Twister”, alvo de pane no último mês de julho.

“Já pedimos a perícia nestes brinquedos e vamos agendá-la para os próximos dias. Com isso, mais pessoas devem ser indiciadas”, relatou.

O delegado explica que as irregularidades remontam inicialmente ao ano de 2012, quando a Prefeitura de Goiânia contratou uma empresa terceirizada para realizar perícia em todas as atrações do parque.

A suspeita é de que, apesar da avaliação ter indicado as más condições dos brinquedos, a administração muncipal tenha apenas reformado algumas das atrações e continuado a funcionar normalmente, sem realizar a supervisão dos equipamentos.

Ainda segundo o delegado, não há nenhuma previsão para que o Parque Mutirama volte a funcionar. “Vai permanecer fechado por muito tempo e por uma irresponsabilidade política”, conclui.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.