Mutação da variante delta do coronavírus é detectada em Israel

Variante AY4.2 já foi detectada em alguns países europeus, mas não é considerada uma variante de preocupação global nem de atenção pela OMS

Mutação da variante delta é detectada, mas ainda não preocupa | Foto: Reprodução

O Ministério da Saúde de Israel confirmou um caso da mutação da variante delta AY4.2 do coronavírus, já detectada em alguns países europeus como o Reino Unido. O caso em questão é de um menino de 11 anos que viajou à Europa. A criança foi colocada em quarentena e, até o momento, não foi detectado nenhum caso de contato.

Mesmo com a detecção da nova mutação, Israel continua com o plano de suspender as restrições ao turismo diante da queda do número de casos de Covid-19.

François Balloux, professor de Biologia Computacional no University College de Londres, afirmou à agência de notícias France Presse, que a mutação é muito rara e não parece representar o mesmo risco que outras cepas, que se revelaram muito contagiosas.

Até o momento, a AY4.2 não é considerada uma variante de preocupação global nem uma variante de atenção pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O governo do Reino Unido afirmou na terça-feira (19), que “monitora muito de perto” a nova mutação, que está se propagando no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.