Mulher que celebrou morte de neto do Lula pede ajuda financeira para pagar processo

Alessandra Strutzel disse, em março, ser uma “boa notícia” o falecimento de Arthur, de 7 anos

Uma página no Facebook atribuída a Alessandra Strutzel, mulher que comemorou a morte do neto do Lula, fez uma postagem para pedir ajuda financeira para pagar por um processo que o ex-presidente moveu contra ela.

“Preciso de ajuda em qualquer quantia pra me ajudar no processo que o ex presidente da República, Luis Inácio Lula da Silva, moveu contra minha pessoa por conta de um comentário isolado. Estou desesperada, tenho mãe acamada, me arrependi”.

A defesa de Lula pediu indenização de R$ 50 mil. 

Caso

O neto do ex-presidente, Arthur, faleceu em 1º de março, aos 7 anos, no Hospital Bartira em Santo André (SP). Ele chegou ao hospital com o quadro instável e diagnosticado pela equipe médica com meningite bacteriana, mas não resistiu.

A autointitulada blogueira e youtuber Alessandra Strutzel utilizou as redes sociais para celebrar: “Pelo menos uma notícia boa”. Após a comoção, ela apagou a postagem e tentou se justificar.

“Espero que me desculpem. Quero que todos saibam que eu jamais iria comemorar a morte de uma pessoa, muito menos a morte de uma criança. Com a postagem que fiz, eu só queria saber como as pessoas reagiriam, mas agora eu sei que fiz isso de uma forma muito infeliz. Fico contente que a reação tenha sido negativa, porque isso mostra que as pessoas não perderam a sensibilidade. Mas fico triste porque mesmo as pessoas que me conhecem tenham achado de verdade que eu seria capaz de um mal sentimento”, postou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.