Mulher é presa ao tentar entrar em presídio com celulares escondidos dentro de uma porta

Em depoimento, Larissa confessou que uma mulher a obrigou a entregar os celulares com a desculpa de substituir uma porta que estava quebrada dentro da unidade

Uma mulher foi presa, na tarde desta segunda-feira (27/08), ao ser flagrada com cinco celulares escondidos dentro de uma porta de madeira, quando tentava entrar na Unidade Prisional Estadual de Formosa. Larissa Francisca de Sousa, de 23 anos, iria entregar para os aparelhos para o detento Paulo Henrique Camara, com quem já teve um relacionamento amoroso.

No momento da revista, agentes de plantão estranharam a situação e informaram para Larissa que é proibido entregar uma porta de madeira na unidade. Visivelmente nervosa, ela causou suspeita pela insistência em entrar com o objeto. Os agentes passaram, então, a porta no detector de metais e identificaram os aparelhos celulares.

Em depoimento, Larissa confessou que uma mulher a obrigou a entregar os celulares com a desculpa de substituir uma porta que estava quebrada dentro da unidade. Ela irá responder por crime contra a administração pública.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.