MPGO encontra madeira ilegal em fazenda do prefeito de São Domingos

Prefeito negou que a madeira seria utilizada para venda e cita “perseguição”

O Ministério Público de Goiás (MPGO) realizou, na última semana, uma operação de fiscalização ambiental no município de São Domingos e identificou vários pontos de extração de ilegal na fazenda do prefeito da cidade, Cleiton Martins (PL).  

A investigação partiu de uma denúncia de extração ilegal de madeira que estaria acontecendo na Fazenda São Vicente, que é de posse do prefeito. Após a denúncia, uma comitiva do MPGO, da Polícia Civil e da Polícia Militar identificou a extração ilegal. 

De acordo com o promotor de Justiça Rodrigo Carvalho Marambaia que é responsável pelo caso, foi verificada a extração de aroeira e de ipê, que já estariam prontas para serem carregadas, vendidas ou utilizadas.  

A madeira foi apreendida e o prefeito está como depositário fiel, aguardando o andamento do inquérito policial.  

Procurado pela redação, o prefeito disse que a tem licença para utilizar madeira internamente, dentro da sua fazenda e está seguindo a Legislação Federal. “O que está acontecendo é perseguição política, não estou tirando madeira para vender, estou construindo um curram e mexendo em uma obra internamente”, disse o prefeito.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.