MPGO cobra da Saneago informações detalhadas sobre situação do abastecimento de água no estado

Coordenadora da Área do Meio Ambiente quis saber qual era a real situação da crise hídrica em Goiás

A coordenadora da Área do Meio Ambiente e Consumidor do Centro de Apoio Operacional (CAO) do Ministério Público de Goiás (MPGO), Daniela Haun Serafim, solicitou à Saneago o detalhamento de informações sobre as medidas adotadas por eles para garantir o abastecimento de água nos municípios goianos.

“A nossa intenção é dar proteção maior ao cidadão. O promotor de Justiça tem papel importante de conscientização da comunidade e de cobrança dos poderes responsáveis”, disse Daniela durante uma reunião realizada virtualmente nesta tarde de quinta-feira, (23).

Segundo ela, as informações descritas em relatório pela Saneago precisam ser melhor detalhadas, principalmente em relação às cidades que possam estar na iminência de desabastecimento. Para Haun, é importante que sejam discriminadas quais medidas foram adotadas, bem como as informações prestadas aos órgãos gestores dos recursos hídricos.

A Saneago comprometeu-se a passar as informações e estreitar a comunicação com o MPGO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.