MPF-GO volta a pedir informações sobre o Mais Médicos

Desde fevereiro deste ano o programa tem sido investigado por supostas irregularidades como o abandono das atividades por parte dos médicos

Mais um ofício foi expedido pelo Ministério Público Federal de Goiás (MPF-GO) ao Ministério da Saúde (MS) cobrando informações sobre o programa Mais Médicos no Estado. Desde fevereiro deste ano o programa tem sido investigado por supostas irregularidades, como abandono das atividades por parte dos médicos, dispensa por parte dos municípios e outras.

Segundo nota encaminhada à imprensa, o órgão não havia atendido aos ofícios enviados desde fevereiro deste ano. Os dados solicitados ao MS são a cópia do Termo de Cooperação firmado com a Organização Panamericana de Saúde (Opas), a relação dos municípios contemplados em Goiás e a relação nominal e qualificação dos médicos em atividade.

De acordo com o procurador da República que cuida do caso, Ailton Benedito, esses dados são imprescindíveis à atuação do MPF-GO, que zela pelo cumprimento das regras no programa. O procurador também alertou que é ilícita a persistência do MS em omitir ou retardar o envio dos dados solicitados.

Deixe um comentário