MP-GO apreende mais de 1 tonelada de carne estragada em 4 cidades do interior

Programa Goiás Contra a Carne Clandestina foi realizado em Leopoldo de Bulhões, Bonfinópolis, Vianópolis e São Miguel do Passa Quatro

Fotos: Agrodefesa, Polícia Civil e Procon Goiás

O Ministério Público de Goiás (MP-GO), em mais uma operação articulada dentro do Programa Goiás Contra a Carne Clandestina, apreendeu mais de uma tonelada de carne imprópria para o consumo no interior do Estado. A operação ocorreu nesta quinta-feira (1º/6) e sexta-feira (2) em Leopoldo de Bulhões e Bonfinópolis, e nos dias 30 e 31 de maio nas cidades de Vianópolis e São Miguel do Passa Quatro.

Ao todo, foram visitados 26 estabelecimentos em Vianópolis e em São Miguel do Passa Quatro, segundo dados da Agrodefesa, da Superintendência Estadual de Vigilância Sanitária (Suvisa) e Vigilância Municipal. Em Leopoldo de Bulhões e Bonfinópolis foram visitados 14 estabelecimentos comerciais.

As carnes eram oriundas de abate clandestino e comercializadas sem inspeção, sem rotulagem, com prazo de validade vencido e fora dos padrões de higiene.

Na operação foi preso em flagrante o proprietário de um estabelecimento comercial. Embora não tenha sido encontrado produto impróprio ao consumo, em um cômodo anexo ao local, onde estavam equipamentos para desossa, foram encontrados meia carcaça de suíno, vários retalhos de carne e algumas caixas contendo carne suína depositadas no chão, em péssimas condições de higiene sanitária, apresentando, ainda, moscas e mau cheiro.

A ação foi articulada pelo Centro de Apoio Operacional do Consumidor e Terceiro Setor do MP-GO, coordenado pelo promotor Rômulo Corrêa de Paula, em conjunto com os promotores Lucas César Costa Ferreira, de Vianópolis, e Rafaello Boschi Isaac, de Leopoldo de Bulhões.

Participaram, em conjunto com o MP-GO, órgãos parceiros como Procon-GO, Agrodefesa, Superintendência de Vigilância Sanitária Estadual, Vigilância Sanitária Municipal, Polícia Militar, Superintendência de Polícia Técnico-Científica e Polícia Civil. (Com MP-GO)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.