Movimento Brasil Livre protocola pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff

Após um mês de caminhada, representantes do movimento chegaram a  Brasília e conseguiram se reunir com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha

Integrantes do movimento se reuniram com Eduardo Cunha | Foto: Reprodução/Facebook Eduardo Cunha

Integrantes do movimento se reuniram com deputados da oposição e o presidente da Câmara | Foto: Reprodução/Facebook Eduardo Cunha

Após protesto que contou com cerca de 400 pessoas, representantes do Movimento Brasil Livre (MBL) se reuniram, na última quarta-feira (27/5), com o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e protocolaram o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

“O [presidente] Eduardo Cunha se comprometeu a analisar tecnicamente o nosso pedido de impeachment e não engavetar diretamente como fez com os outros”, disse Kim Kataguiri, representante do MBL.

Após sofrerem um acidente em Alexânia, os integrantes do movimento chegaram a Brasília no último domingo (24), após passarem por diversas cidades do país, inclusive Goiânia, na chamada “Marcha pela Liberdade”. O objetivo deles é permanecer acampados em frente ao Congresso para pressionar a admissão do pedido de impeachment protocolado.

* Com informações da Agência Brasil

1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ednaldo Avelino

Esse povo não tem o que fazer não é? Os verdadeiros bandidos estão no congresso minha gente!!!!!!

Carlos0705

Parece que a ficha ainda não caiu pra você. Abre os olhos e ouvidos amigão.