Mototáxi por aplicativo faz serviço de entrega gratuito voltado a pequeno comerciante de bairro

“Nosso objetivo é auxiliar para que as pessoas fiquem em casa e, assim, contribuir para evitar a expansão da pandemia”, diz CEO da Picap

Foto: Reprodução

A Picap, aplicativo de motos voltado ao transporte de passageiros, oferece o serviço de forma gratuita a comerciantes durante a pandemia da Covid-19 e garante 100% da tarifa de entrega ao motociclista. A plataforma espera, assim, atender ao pequeno comércio de bairro, mantendo a atividade econômica local ativa, e garantir renda aos motociclistas e ciclistas cadastros em sua plataforma.

O serviço Pibox, que já era oferecido na matriz colombiana, entra em operação no Brasil. Estávamos estruturando o serviço quando começaram as medidas de isolamento social. “Tivemos de acelerar o processo para dar conta da demanda”, diz o CEO da Picap, Diogo Travassos.

O sistema permite que o usuário faça uma espécie de leilão, na busca pelo melhor preço. “Nosso objetivo é auxiliar para que as pessoas fiquem em casa e, assim, contribuir para evitar a expansão da pandemia”, ressalta Travasso.

Com o serviço de assistência pessoal, o usuário pode encomendar ao motociclista, por exemplo, que busque um documento na casa de alguém, leve-o para que outra pessoa o assine e o deixe em outro endereço. O valor do serviço é previamente combinado (o motoqueiro pode fazer uma contraproposta), e o usuário pode optar pelo condutor que fizer a melhora proposta.

O serviço de entrega da Picap conta com alguns pré-requisitos. O objetivo é atender a todo tipo de encomenda, desde que não ultrapasse o valor de R$ 500. O motorista deverá tirar uma foto da mercadoria quando tiver acesso à encomenda e outra no momento da entrega. O objetivo, com isso, é garantir a segurança do serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.