Motoristas são suspeitos de aplicar golpe em aplicativo de transporte em Goiânia

Agentes cumpriram nesta quarta-feira (4) três mandados de busca e apreensão nas casas de três cooperados suspeitos de aplicar o golpe

Objetos apreendidos com cooperados acusados de golpe | Foto: Divulgação

A Polícia Civil cumpriu nesta quarta-feira (4) três mandados de busca e apreensão contra três cooperados do aplicativo de transporte Easier 123 suspeitos de aplicar golpes contra a empresa.

De acordo com a delegada Keller Abraão, responsável pelas investigações, os cooperados são suspeitos de burlar o aplicativo para receber por corridas que não foram realizadas além de simular vendas de títulos para novos cooperados.

“Eles utilizavam cartões clonados aleatoriamente na internet para simular a venda dos títulos e receber comissões indevidas”, explica a delegada.

Com os suspeitos a polícia encontrou objetos que comprovam a prática dos crimes de estelionato como chips de celulares, computadores, dezenas de cartões pré-pago da empresa de mobilidade e documentos.

As investigações apontaram ainda que os suspeitos já haviam praticado golpe contra outra empresa de mobilidade. Eles continuam soltos, já que não foram pegos em flagrante.

“O próximo passo agora é concluir as investigações e indiciar os três pela prática criminosa”, finaliza a delegada.

O aplicativo goiano Easier 123 entrou em funcionamento no dia 26 de fevereiro e tem como embaixador o jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho. A empresa fornece em um esquema de cooperativa serviços de carro, táxi e mototáxi.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.